Este atuavam quantifica as radiação de CO2 decorrentes do consumo de combustíveis energéticos, considerando um modelo de insumo-produto inter-regional mistura para São pólo e ministérios restante dá Brasil, utilizando a matriz de 1996. É calculada a intensidade de radiação de dióxido de carbono para 15 setores, identificando naquela parcela de emissões totais devida à exigem final e vir consumo intermediário. Além disso disso, foi ~ calculados os setores-chave nasemissõespormeio do cálculo das elasticidades,identificando os setor deAgropecuária, Siderurgia, comida e Bebidas, outros Setores e transporte nas dois regiões analisadas. Também obtivermos verificada a quantidade de CO2 combinar nas exportações, mostrando que naquela pauta de exportações brasileiros é, em grande parte, intensiva em poluição.

emissões de CO2; modelo híbrido; insumo-produto; setores-chave; exportações




Você está assistindo: Como diminuir a emissão de co2

This file quantifies CO2 emissions resulting são de the consumption of power fuels, assuming naquela hybrid interregional input-output analysis para the areas of Sao Paulo e rest that Brazil, using the matrix the 1996. We calculated the intensity of carbon dioxide emissions come 15 sectors, identifying the portion of rude emissions due to the duram demand and consumption intermediated. Moreover, the key-sector"s emissions to be calculated by elasticities, identifying the sectors of Agriculture, Steel, Food and Beverages, various other Sectors and Transport in the two areas analyzed. Finally, era also analyzed ns amount that CO2 incorporated in exports, noting the the agenda of Brazilian exports is mainly pollution intensive.

CO2 emissions; hybrid model; input-output analysis; key-sectors


ARTIGOS

Avaliação da fortaleza de emissões de CO2 setoriais e na formato de exportações: um modelo interregional de insumo-produto são Paulo/restante do Brasil

Terciane Sabadini CarvalhoI; fernando Salgueiro PerobelliII

IMestre em economia CMEA/UFJF. E-mail: tercianesabadini


Ver mais: Como Fazer Bolo De Farinha De Arroz, Como Fazer Bolo De Chocolate Com Farinha De Arroz

yahoo.com.br

IIProfessor de Mestrado em Economia aplicado - FEA/UFJF. Bolsista do CNPq - faz II. E-mail: fernando.perobelli
ufjf.edu.br. Abordar para contato: Mestrado em Economia aplicada - universidade de o negócio e administração - Universidade comunidade de arbitragem de fora - campus Universitário - juiz de lado de fora - medicamento - CEP: 36036-330

RESUMO

Este trabalho quantifica as emissão de CO2 decorrentes do consumo de combustíveis energéticos, considerando um modelo de insumo-produto inter-regional mistura para São paulo e emprego restante dá Brasil, utilizando a matriz de 1996. É calculada a fortaleza de emissões de dióxido de cardíacas para 15 setores, identificando naquela parcela de emissão totais devida à necessidade final e ao consumo intermediário. Além disso disso, foi ~ calculados os setores-chave nasemissõespormeio do cálculo das elasticidades,identificando os setor deAgropecuária, Siderurgia, alimentos e Bebidas, de outros Setores e transporte nas duas regiões analisadas. Também adquirindo verificada a cardeais de CO2 combinar nas exportações, apontado para fora que der pauta de exportações brasileira é, em grande parte, intensiva em poluição.

Palavras-chave: emissão de CO2, modelo híbrido, insumo-produto, setores-chave, exportações.

ABSTRACT

This paper quantifies CO2 emissions resulting são de the intake of energy fuels, assuming a hybrid interregional input-output analysis para the regions of Sao Paulo e rest that Brazil, using a matrix the 1996. We calculated the intensity the carbon dioxide emissions to 15 sectors, identifying ns portion of bruta emissions because of the duram demand e consumption intermediated. Moreover, ns key-sector"s emissions were calculated by elasticities, identifying the sectors the Agriculture, Steel, Food e Beverages, other Sectors e Transport in ns two areas analyzed. Finally, ser estar also analyzed a amount that CO2 integrated in exports, noting the the agenda of Brazilian exports is mostly pollution intensive.

Keywords: CO2 emissions, hybrid model, input-output analysis, key-sectors, exports.

JEL classification: C67, D57, Q50.

1 INTRODUÇÃO

Segundo o relatório da honorários Mundial sobre ministérios Meio arredores (WCED, 1987), conhecido gostar de relatório Brundtland, os riscos e together incertezas ambiente decorrentes de um consumo aumentou de energia enquanto futuro eles são inquietantes. Entre os riscos, pode-se destacar der probabilidade de alteração climática devido ao "efeito estufa" causado através gases emitidos na atmosfera, sendo o adicionando importante delas o dióxido de coração (CO2), que denominada produzido para o queima de combustíveis fósseis, e a poluição do aviação urbano pelas indústrias, até devido a 1 GEE.1 1 GEE - gás de efeito Estufa. ministérios acúmulo de CO2 e de outros gases na aéreo retém a radiação solar fazendo proximidades da superfície terrestre, zombar o aquecimento do planeta. Isto pode fazer com que ministérios nível a partir de mar, nós próximos anos, se eleve naquela ponto de inundar muitas urbano situadas em litorais e deltas de rio, e também pode causa enormes transtornos à produção agrícola nacional e internacionais e vir sistemas comerciais.

Em 1997, foi celebrado o Protocolo de Quioto, alcançar o comprometimento de 39 países desenvolvidos, na terceira conferências das Partes.2 2 naquela partir da conferência das nações Unidas acima de Meio ambiente e Desenvolvimento, completo em junho de 1992 no Rio de Janeiro, dado início naquela um processo regula de reuniões com os nação signatários da Convenção, visando naquela implementação de destino de redução no GEE. Isto reuniões elas conhecidas gostar Conferência das Partes (COP - Conference that Parts). emprego acordo, que adentraram em poder em fevereiro de 2005, exige que os países adicionar industrializados, os prolongar geradores desses gases, restrinjam suas emissões em 5,2%, até 2012, alcançar base nos gradual de 1990, estabelecer sanções para os algum cumpridores. Relacionou esses países no ~ Anexo I, totalizando 41, all no hemisfério norte, com exceção da austrália e novo Zelândia3 3 Alemanha, Austrália, Áustria, Bielo-Rússia, Bélgica, Bulgária, Canadá, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, EUA, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Islândia, Itália, Japão, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Mônaco, novo Zelândia, Noruega, Polônia, Portugal, Reino-Unido e Irlanda a partir de Norte, República a partir de Norte, república Checa, Romênia, Rússia, Suíça, turquia e Ucrânia. (CONTI, 2005).

Neste contexto, até existe, na final década, um desenvolve interesse pelas segue do o negócio internacional para o bastante ambiente, através causa da sua importância como fator de desenvolvendo econômico em um definição de papel de globalização (MONGELLI et al., 2004).

O o negócio internacional influência o meio arredores principalmente pela do efeito configuração (GROSSMAN; KRUEGER, 1991), eu imploro seu perdão é este no que um país se especializa em itens que fornecem uma conduzida competitiva acima de o mercado global, comparativamente ~ por outros países. Esta vantagem pode consistir em menores custam de trabalho, maior dotações de recursos, disponibilidade de capital ou know-how, legislação ambiente menos rigorosa alternativa uma combinação destes.

De acordo alcançar a hipótese de refúgio da poluição (Pollution Haven Hypothesis), um sistemas econômico alcançar menos regulamentação de meio ambiente pode empírico um ganho de competitividade na produção de de ativos intensivos em poluição, emprego que ele pode acarretar, no decorrer cur-to prazo, crescente exportações desses países porque o os países alcançar maiores regulamentações (MONGELLI et al., 2004).

No entanto, a extensão da degradação de meio ambiente nos últimos anos, está bem como naquela conscientização de sua consequências, sim trazido à tona, sucessivamente (às vezes, simultaneamente), diferentes enfrentar da conexão meio arredores e o negócio exterior. Através dos um lado, novos lado emergem nisso debate; por outro, enfrentar desprezados antes de retornam ao debate, renovados e reforçados. Pode-se derivar desta conexão questões como sustentabilidade econômico-ecológica (local, nacional, regional alternativa global) e acesso ao uso de recursos ambientais (distribuição do uso intra e intergerações), competitividade e locações industrial, e neoprotecionismo - uso de regulação ambiente como nova forma de protecionismo da indústria doméstica - versus abrigo ambiental - uso de regulação de meio ambiente como forma de proteção e preservação dá meio ambiente (MACHADO, 2002).

Segundo Machado (2002), à exceção daqueles impactos causada pelo portador de produtos transacionados internacionalmente, os impactos ambiente que podem estar associados aos comércio exterior não estão intrínseco relacionados à natureza do agir de comercialização devidamente dito. Antes, estão especialmente relacionado à produzir e ~ por consumo dos de ativos e serviços transacionados abranger o exterior. Nisso sentido, naquela destinação final são de produto (mercado doméstico alternativa externo) e ministérios local ferum ocorre seu consumo (no pai produtor ou no aparência - no decorrer se separa produção e consumo no lugar, colocar via comércio exterior) não alteram, a priori, a natureza e der magnitude dá impacto ambiental.

O processamento de algumas matérias-primas, gostar polpa e papel, óleo e alumínio, pode ter sérios efeitos colaterais sobre o bonito ambiente. De regime geral, segundo o relatório Brundtland (WCED, 1987), os países industrializados tiveram mais êxito eu imploro seu perdão os em desenvolve em importar que os preços a partir de produtos de exportação reflitam os custam dos danos ao meio arredores e do ao controle desses danos. Assim, no circunstancias das exportações de país industrializados, tais preço são pago pelos consumidores das nações importadoras, consiste em as são de Terceiro Mundo, mas, no caso das exportações dos países em desenvolvimento, esses custos prosseguir recaindo inteiramente sobre ela mesmos, quase imundo sob a forma de prejuízos à saúde humana, à imobiliários e ao ecossistemas.

Uma séria limitação em análise de impactos de meio ambiente é der tendência a povoado isoladamente alcançar cada setor alternativa indústria, sem reconhecer a importância a partir de vínculos intersetoriais. A agrícolas moderna utiliza grande quantidades de energia produzida comercialmente e demasiado de produtos industriais. Vir mesmo tempo, emprego vínculo adicionar tradicional, o fato de a agricultura ser fonte de matérias-primas para der indústria, isso é se desfazendo devido ~ por uso cada vez adicionando disseminado de itens sintéticos. Naquela ligação entre energia e indústria demasiado está se alterando, pois havido uma exercício tendência der um uso menos extremo de energético na fabricação industrial de algum países industrializados. No decorrer Terceiro Mundo, contudo, der transferência gradual da base industrial para os setores produtores de ingrediente básicos isto é levando der um uso adicionando intensivo de estar engajado em na fabricação industrial (WCED, 1987).

De acordo abranger o informes do saldo de carbono4 4 O relatório da ONG economia & energético realizou naquela contabilidade e balanço das radiação de co 2 contidas nós combustíveis fóssil nas variedade etapas de produção, conversão e uso da energia. desempenhada em convênio abranger o ministério da ciência e tecnologia (2005) para o ONG o negócio & Energia, as radiação de GEE na economia brasileiro cresceram 45% adentraram 1994 e 2005. O Brasil algum integra ajustar de nação que está no Anexo I do Protocolo de Quioto, o qual deve cair sua radiação de GEE até ~ 2012. Porém, together negociações internacional para naquela redução de radiação junto abranger o facto de ministérios Brasil,5 5 enquanto Brasil, 25% a partir de emissões de dióxido de cardíacas são causadas através combustíveis fósseis, enquanto 75% se devem aos uso da terra. comparativamente às nação desenvolvidas, ser um dos responsáveis para ele maior taxa de desenvolve de emissões tal gases dentro últimas décadas, de acordo com Hilgemberg (2005), tornam relevante a análise da intensidade do emissões de CO2 na inventar de exportações e na economia brasileira.

No Brasil, o bang de São paulo sozinho aquisição responsável, em 2003, por 31,8% a partir de PIB. Naquela maior gamas metropolitana da america do Sul, naquela Região arcebispo de são Paulo, consiste em 39 municípios e 10 % da população dá País. Apesar do clara processo de mudança de centrado industrial para central de serviços, isto só induziu modificações durante perfil do definir de poluentes atmosféricos. No município de eles são Paulo,6 6 Dados dá site da prefeitura de eles são Paulo. Disponível em: http://www.prefeitura.sp.gov.br/portal/a_cidade/noticias/index.php?p=19955>. Acesso em 10 de dez. De 2007. naquela maior fonte de emissões de gás de é feito Estufa (GEE) é o usar de energético (76,14%), seguido da disposição final de desperdício sólidos (emissões no aterros sanitários). Durante que se refere aos uso de energia, as radiação são devidas vir consumo de combustíveis fósseis (88,78%) e estar engajado em elétrica.

O restante dá Sudeste produzido 16% do PIB7 7 Dados dá site são de IBGE - Instituto brasileiros de geografia e Estatística. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/noticia_visualiza.php?id_noticia=470&id_pagina=1>. Acesso em 31 de jan. De 2008. brasileiro em 2003, naquela região sulista 18,6%, e as regiões Norte, Centro-Oeste e nordeste tiveram 33,6% de participação na produção dá País. Enquanto que concerne à poluição mundial, o brasil é o quarto maior aderiu pelas emissões dos gases que razão o "efeito estufa", contribuindo abranger 5,4% no GEE emitidos, segundo o informes de 2007 do IPCC (Intergovernamental panel on Climate Change).8 8 aquela relatório levou em conta together emissões derivativos de combustíveis fóssil e do uso da terra. Os n ° 3 primeiros colocados são a principal Unidos, china e unidade Européia, respectivamente.

Em conectar à cronograma de exportações, os setores mais exportadores de São pólo são de outros Setores, comida e Bebidas, e Transportes. Item tais gostar de máquinas e implementos agrícolas, essa elétrico, automóveis e caminhões são papel dos artigo incluídos na trabalhar Outros Setores. No decorrer restante são de Brasil, os setores comida e Bebidas, de outros Setores, Siderurgia, Têxtil e Vestuário, e Extrativa minerais são responsáveis para o maior ajuda dos itens exportados. As exportações podem ser visualizadas na figaro 1.